O Jeito de Viver

Eu ainda sou
Aquele sonhador

Desculpe se o que eu sinto
É muito antigo
Desculpe o que eu fizer
Que é por amor
Eu ainda vivo
No mundo da lua

Fazendo planos simples pro futuro
Eu, na verdade
Sou um menestrel medieval

Assombrado com imagens de televisão

Assustado pelas coisas que acontecem

Dentro do meu coração


Eu ainda estou
Querendo descobrir

Um jeito de mostrar meu sentimento

Um jeito claro e simples de viver
Sem precisar mentir
Eu ainda sou
Aquele sonhador

Desculpe se o que eu sinto
É muito antigo

Eu, na verdade
Sou um menestrel medieval

Assombrado com imagens de televisão

Assustado pelas coisas que acontecem

Dentro do meu coração


Por isso eu penso
Que essas coisas não deviam ser
Como elas são
Ah, mas são!