Latinos

São tantos oprimidos
Que se enclausuram com medo de errar
Registram na memória
O que em vinte anos não deu pra falar
Eu tenho o dom do canto
E minha voz é que vai ecoar
Pra falar das injustiças
Que o sistema não pode nos aplicar
Eu sei que é difícil
Que todos tenham o mesmo ideal
Mas é lutando um pouco
Que vamos tirar o que resta de mal
Mudando algumas regras
Para jogo de todos iguais
Eu não vou contar com a sorte
Pra sair pela rua e gritar "não"
Somos latinos pacatos demais
Somos calientes pro amor, nada mais