Seguindo no trem azul

Confessar
Sem medo de mentir
Que em você
Encontrei inspiração
Para escrever...

Você é pessoa que nem eu
Que sente amor
Mas não sabe muito bem
Como vai dizer...

Te dou o meu coração
Queria dar o mundo
Luar do meu sertão
Seguindo no trem azul...

Toda vez que for assoviar
A cor do trem
É da cor que alguém fizer
E você sonhar...

Não faz mal
Não ser compositor
Se o amor valeu
Eu empresto um verso meu
Prá você dizer...

Só me dará prazer
Se viajar contigo
Até nascer o sol
Seguindo no trem azul...

Te dou o meu coração
Queria dar o mundo
Luar do meu sertão
Seguindo no trem azul...

Vai lembrar
De um cara como eu
Que sente amor
Mas não sabe muito bem
Como vai dizer...

Só me dará prazer
Se viajar contigo
Até nascer o sol
Seguindo no trem azul
Uh! Uh! Uh!...

Te dou o meu coração
Queria dar o mundo
Luar do meu sertão
Seguindo no trem azul
Seguindo no trem azul...

Anjo

Confessar
Sem medo de mentir
Que em você
Encontrei inspiração
Para escrever...

Você é pessoa que nem eu
Que sente amor
Mas não sabe muito bem
Como vai dizer...

Te dou o meu coração
Queria dar o mundo
Luar do meu sertão
Seguindo no trem azul...

Toda vez que for assoviar
A cor do trem
É da cor que alguém fizer
E você sonhar...

Não faz mal
Não ser compositor
Se o amor valeu
Eu empresto um verso meu
Prá você dizer...

Só me dará prazer
Se viajar contigo
Até nascer o sol
Seguindo no trem azul...

Te dou o meu coração
Queria dar o mundo
Luar do meu sertão
Seguindo no trem azul...

Vai lembrar
De um cara como eu
Que sente amor
Mas não sabe muito bem
Como vai dizer...

Só me dará prazer
Se viajar contigo
Até nascer o sol
Seguindo no trem azul
Uh! Uh! Uh!...

Princesa

Vale tentar viver tudo de mais
Você me faz descobrir
O dom de iluminar
Tudo o que for sentir deve durar
De tanto a luz, explodir
Aprender, conhecer, revelar
Sim, princesa
Sou quem vai chegar
Na chuva da montanha
Vem se molhar
Sempre, pra sempre
Sou do seu querer
Estrela cintilante
Vem me valer
Vale dizer que sim vale chorar
De tanto o som, expandir
Descobrir, conhecer, revelar
Sim, princesa
Sou quem vem pedir
Me faz arder em brasa
Vem e me ascende
Chama, me chama
Sou o seu querer
Estrela cintilante
Vem me valer

Amar É

Amar!
É quando não dá mais prá disfarçar
Tudo muda de valor
Tudo faz lembrar você
Amar!
É a lua ser a luz do seu olhar
Luz que debruçou em mim
Prata que caiu no mar
Suspirar sem perceber
Respirar o ar que é você
Acordar sorrindo
Ter o dia todo prá te ver
(Refrão)
O amor é um furacão
Surge no coração
Sem ter licença prá entrar
Tempestade de desejos
Um eclipse no final de um beijo
O amor é estação
É inverno, é verão
É como um raio de sol
Que aquece e tira o medo
De enfrentar os riscos
Se entregar...
Amar!
É envelhecer querendo te abraçar
Dedilhar num violão
A canção prá te ninar
Suspirar sem perceber
Respirar o ar que é você
Acordar sorrindo
Ter o dia todo prá te ver...
(Refrão)
O amor é um furacão
Surge no coração
Sem ter licença prá entrar
Tempestade de desejos
Um eclipse no final de um beijo
O amor é estação
É inverno, é verão
É como um raio de sol
Que aquece e tira o medo
De enfrentar os riscos
Se entregar...
Uh! Uh!...(2x)

Amo em silêncio

Guardo no peito
Esse amor por você
É a canção
Que eu quero cantar
Ah! Ah! Ah!
É um poema deixado no ar
São palavras
Querendo viver...
Amo em silêncio
No meu coração
Amo em silêncio
Amo!
Guardo essa paixão...
Sou como a estrela
Que o dia não vê
Que espera
A noite chegar
Ah! Ah! Ah!
Hoje meu mundo
É só eu e você
E é nos sonhos
Que eu vou
Te encontrar...
Amo em silêncio
No meu coração
Amo em silêncio
Amo!
Guardo essa paixão...
Meu coração
Não quer mais
Se guardar
Bate forte
E quer ter você
Êh! Êh!
Sou como o sol
Que precisa nascer
E nas sombras
Não pode brilhar...
Amo em silêncio
No meu coração
Amo em silêncio
Amo!
Guardo essa paixão
Guardo essa paixão
No meu coração...

Começo, meio e fim

A vida tem sons que pra gente ouvir
Precisa entender que um amor de verdade
É feito canção, qualquer coisa assim,
Que tem seu começo, seu meio e seu fim
A vida tem sons que pra gente ouvir
Precisa aprender a começar de novo.
É como tocar o mesmo violão
E nele compor uma nova canção
Que fale de amor
Que faça chorar
Que toque mais forte
Esse meu coração
Ah! Coração!
Se apronta pra recomeçar.
Ah! Coração!
Esquece esse medo de amar de novo