O homem louco

O homem louco aparece
E quebra o silêncio da sala
Por tempos viveu afastado
Desta cena onde a arma é a fala
Ele espera um dia saber
E um dia saber esperar
Mergulhado em prazer solitário,
Sua imaginação ameaça
O saudável irmão tem medo
Que seu grito arranque a mordaça
Ele espera um dia saber
E um dia saber esperar
Procurado, vendido, perdido
Ele aqui teve a sua lição
Na mentira dos outros reforça
A verdade da fé no irmão
Que esperava um dia saber
Mas um dia não soube esperar